Forças superiores

photo: REUTERS - Kyodo

Uma vez mais as televisões (as nossas, claro), debitam os maiores disparates. Pergunto-me acerca da cultura geral dos redactores das notícias, dos jornalistas e dos apresentadores dos telejornais. Foi irritante ouvir repetidamente a alusão a uma onda gigante que destruiu, que levou à frente, que arrastou... MAS QUE ONDA GIGANTE? As ondas gigantes apenas existem no mar, onde os enormes fundos permitem a sua formação. Essa é uma condição essencial para a existência dessas enormes muralhas de água. Não foi uma onda gigante mas uma onda que, na costa e em terra, em caso algum ultrapassou os 2,40m, e que na sua expressão máxima destruidora tinha em média 1m de altura. Confundem força com tamanho. Não percebem nada de energia. Não percebem nada de mar. Não percebem nada de nada. As televisões são habitadas por ignorantes.
Ao invés dessa pequena ou mediana onda que tudo destruiu lançando vastas áreas do Japão numa autêntica catástrofe, deixo, abaixo, uma foto de uma verdadeira onda gigante que pode, também, ser perigosa, mas para a navegação oceânica. Em muitos casos, a mesma dinâmica que anima esta onda chega a uma costa qualquer mas, já sem a dimensão que aqui apresenta, não só tanto porque a sua energia se dissipou, mas porque o fundo costeiro não permitirá essa dimensão. Onda gigante é a onda da ignorância que varre os cérebros desses manequins da TV.

foto de autor desconhecido, recebida em PowerPoint não identificado

2 comentários:

Vieira Calado disse...

Claro, Xico!

Sóe idiotices.

Vou fazer, na astronomia, um post sobre o assunto.

Ou melhor, o que os bruxos disseram
e dizem, sobre o assunto.

EstivadoresAveiro disse...

Não podia estar mais de acordo com o artigo.
Abraço. e continuação de bom trabalho.
Orlando Miguel08